Imagens – Reviravoltas do Coração

Redação Caderno de Imagens

Aprovada como um dos projetos do Fundo Municipal de Cultura de Santo Ângelo, a peça Reviravoltas do Coração, do grupo de teatro A Turma do Dionísio, foi apresentada ontem à noite, 28, no teatro Antonio Sepp. Com entrada livre para os cerca de 200 espectadores que foram ao evento.

Com texto e figurinos da atriz Maristela Marasca, tem foco em dois personagens – um interpretado por ela e o outro por Jerson Fontana.

Dois professores de escola resolvem interpretar uma peça de teatro – inspirados na obra Megera Domada, de William Shakespeare. Enquanto ensaiam, percebem-se parte de uma história de amor que não estava no roteiro e entendem que os dois também podem ser um casal.

Durante pouco mais de 1 hora de apresentação eles conseguem fazer o público gargalhar muitas vezes.

Esta foi a quinta apresentação de Reviravoltas do Coração. Em Santo Ângelo, ainda como parte do projeto aprovado pelo Fundo Municipal de Cultura, haverá uma oficina de teatro gratuita no dia 1° de novembro, no Centro Municipal de Cultura.

Fotos: Caderno de Imagens

Reviravoltas do Coração retrata os desafios do amor

Redação Caderno de Imagens

O Grupo de Teatro A Turma do Dionísio programou quatro apresentações da peça Reviravoltas do Coração para Santo Ângelo.

Em 28 de outubro, às 20h, no teatro Antonio Sepp, com acesso livre para o público. No mesmo dia, porém às 10h, o grupo se apresenta para estudantes no teatro.

O enredo da peça Reviravoltas do Coração se desenvolve a partir do encontro de dois professores que resolvem ensaiar uma peça de teatro para apresentar na escola. Durante o ensaio, aspectos das suas vidas são revelados: a juventude, o trabalho, os amores, a solidão. Escrito por Maristela Marasca, o espetáculo aborda com humor os desafios da vida de professor e os conflitos das relações amorosas.

No dia 29, às 9h30, especialmente para alunos dos colégios Missões e Pedro II, no Auditório do Colégio Missões.

A última será no dia 11 de novembro, no Salão da Comunidade Luterana de Buriti, às 10h.

As apresentações da peça Reviravoltas do Coração são bancadas com recursos do Fundo Municipal de Cultura de Santo Ângelo.

Foto: Caderno de Imagens

26º Musicanto será multifeira cultural

O lançamento do 26º Musicanto será realizado em Porto Alegre, dia 3 de novembro, no Chalé da Praça XV, a partir das 19h30.

A etapa na capital gaúcha contempla debates sobre os rumos do Musicanto e pockets shows com artistas locais: Luiz Carlos Borges, Quartchêto, Kako Xavier, Loma Pereira.

Participarão dos debates em Porto Alegre e Santa Rosa Juarez Fonseca, jornalista, escritor e crítico musical; Ayrton (Patinete) dos Anjos, produtor musical que, dentre outros trabalhos, produziu a cantora Elis Regina no início de sua carreira; Vitor Hugo, intérprete da música gaúcha, jornalista e que acumulou o cargo de Secretário de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul; Luiz Carlos Borges, músico e compositor de renome internacional, responsável pela idealização e desenvolvimento do Musicanto, e Hugo Café Azar, antropólogo e radialista argentino.

O evento terá quatro dias de muita arte em Santa Rosa, de 12 a 15 de novembro, no Centro Cívico.

Haverá noites temáticas. Shana Müller (foto), por exemplo, se apresenta no dia 13 de novembro. Na mesma data estão Os Costeiros, Os Quarteadores, Quartchêto, Nilton Ferreira, Elton Saldanha e Antônio Carlos Careca.

O Musicanto começou em 1983 e foi o primeiro festival nativista do estado a abrir-se para a música e o folclore de outros estados e da América do Sul.

Neste ano terá formato de multifeira cultural, com artesanato, artes plásticas, dança folclórica, seminários e oficinas.

Gênero, etnia e mídia em pauta na Unijuí nesta quinta-feira

Usina de Ideias/Secretaria de Políticas para as Mulheres

Quinta-feira é dia de acompanhar a palestra “Gênero e raça/etnia na mídia”. Quem aborda o assunto é a professora doutora Sátira Pereira Machado. O evento acontece dia 30, na sala COM 04, a partir das 19h, campus da Unijuí, em Ijuí.

O projeto “Gênero e Raça/Etnia na Mídia” preocupa-se em formar jornalistas e profissionais de comunicação para o enfrentamento ao preconceito de gênero, raça e etnia. Trata-se de uma parceria entre o Governo do Estado e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio Grande do Sul para possibilitar uma formação inédita a esses profissionais. O projeto iniciou com uma rodada de palestras para sensibilizar a comunidade em relação ao tema e, na seqüência, oferecerá um curso gratuito de 30 horas em cada região.

Conforme a diretora de Comunicação da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/RS) e coordenadora executiva da iniciativa, Sátira Machado, o projeto já teve uma versão nacional que capacitou jornalistas de oito capitais brasileiras e recebeu um prêmio da ONU. “A Secretaria de Políticas para as Mulheres absorveu e acolheu o projeto, fizemos uma versão gaúcha para capacitar as nove regiões do Estado, nas universidades onde há cursos de comunicação, para fazer uma abordagem dos direitos humanos nas pautas”, explicou. As palestras estão sendo realizadas para apresentar o projeto e divulgar o curso que está previsto para iniciar no primeiro semestre de 2015.

“Com este projeto estamos reafirmando a necessidade de termos profissionais de comunicação comprometidos com a mudança cultural, onde as mulheres e, principalmente a comunidade negra, saiam da invisibilidade. Estamos propondo uma cidadania comunicativa, pública e plural, onde todas as pessoas se enxerguem no conteúdo produzido diariamente pelos meios de comunicação”, afirma a secretária estadual de Políticas para Mulheres, Ariane Leitão.

Sátira Pereira Machado é doutora em Ciências da Comunicação pela Unisinos, Mestre em Letras pela PUCRS, Aperfeiçoamento em Letras/CNPq (1998), Jornalista pela Famecos/PUCRS (1995), magistério pelo Instituto de Educação (1988). Professora de Educomunicação e de Gênero e Raça/Etnia no Curso de Gestão da Educação na Faced/PUCRS. Professora associada ao Grupo de Pesquisa “Educomunicação e Produção Cultural Afro-Brasileira – Educomafro” e ao Neabi da PUCRS. Diretora de Relações Internacionais da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as ABPN (Gestão 2014-2016). Membro da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação – ABPEducom. Coordenadora Executiva do projeto Gênero e Raça/Etnia na Mídia e do projeto RS Negro: educando para a diversidade (http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/rsnegro). Já foi titular da Coordenadoria Estadual de Políticas de Igualdade Racial do RS (Copir/RS), membro do Conselho de Desenvolvimento e Participação da Comunidade Negra do RS (Codene) e consultora da OIT e do PNUD, órgãos da ONU. Principais temáticas: comunicação, educomunicação, infância, gênero e raça/etnia.

Definidas 15 bandas do Acid Rock 2015

Redação Caderno de Imagens

Quinze atrações do Acid Rock Festival 2015 foram anunciadas nesta segunda-feira, 27, pelos organizadores.

O evento será realizado nos dias 10 e 11 de janeiro, em Serra de Baixo, Entre-Ijuís – RS.

Além dos shows, haverá oficinas e espaço para outras manifestações artísticas durante os dois dias.

Já estão confirmados o Varal de Poesia e leitura de poesia beat.

Autores interessados em apresentar suas produções devem enviar mensagem para acidrockfestival@hotmail.com. O mesmo vale para oficineiros que quiserem participar do Acid Rock Festival.

Chega de papo, vamos à relação de grupos já confirmados:

Cattarse

Célula Soul

Decoders

Dr. Hank

Cuscobayo

Frida (foto)

Guantanamo Groove

Os Guaipecas

Los Cucarachos del Blues

Maquinário Sonoro

Marcus Manzoni

Mar de Marte

Os Vespas

Velho Hippie

Dones Primata

Foto: Divulgação/Frida

Mais Beauté dá a dica para os próximos meses: kimonos

Milena Wittekind

Hoje inicia uma parceria da revista Caderno de Imagens com o Mais Beauté.

No blog eu dou dicas de moda e beleza. E aqui será um espaço reservado para falar sobre o mesmo assunto.

Toda segunda-feira haverá dicas e novidades relacionadas aos temas.

A super dica que eu vou dar hoje é uma grande tendência primavera/verão, os kimonos.

De origem japonesa, eles dominaram os corações de meninas do mundo todo. Ganharam novos estilos, estampas e muitas franjas.

Aqui no Brasil eles aparecem em modelos mais curtinhos, em tecidos fresquinhos, leves e estampas coloridas com cara do verão.

Para quem tem dúvida de como usar a peça, não tenha motivos para espanto. Tanto kimonos curtos quanto os maiores ficam bem com qualquer look.

A dica que eu dou é: use saias, shorts, calças – até vestido, não tenha medo. Ele é super versátil e com certeza ganhará seu coração.

Fotos: Helena Wittekind/Mais Beauté

Milonga Orientao, de Bebeto e Gessinger, ganha videoclipe

Redação Caderno de Imagens

Foi divulgado nesta terça-feira, 21, o videoclipe de Milonga Orientao, parceria de Bebeto Alves com Humberto Gessinger.

A música integra o álbum de mesmo nome lançado por Bebeto em 2014 com o grupo Los Blackbagualnegovéio, que tem doze canções inéditas.

Além de Humberto, há a participação especial de Gastão Villeroy no disco.

O vídeo lançado hoje tem direção de Daniel Dode.

Veja Milonga Orientao